Risco de epidemia faz Saúde desenvolver ações em Cascavel

Devido ao alto índice de infestação levantado neste 1º ciclo de LirAa, a Divisão de Vigilância em Saúde Ambiental informa que, por meio do Setor de Controle de Endemias, realizará já na segunda-feira (20) ações educativas com a população dos Bairros Jardim Colmeia e Cataratas. Esses dois bairros somaram um total de 23 amostras positivas para Aedes aegypti.

Essa ação contará com o empenho de 35 agentes de endemias, que realizarão inspeções domiciliares a fim de orientar os moradores sobre os cuidados com possíveis criadouros;  além disso serão realizadas notificações conforme a Lei Municipal 4.839/2008, a qual prevê multa ao cidadão que não fizer as adequações quando necessário.

Índice

O índice de infestação do mosquito Aedes aegyti, divulgado ontem (16), apontou uma infestação predial de 5,2%, o que é considerado, segundo critérios do Ministério da Saúde, um índice de alto risco para epidemia de dengue.

Neste momento a região norte da cidade está com maior índice de todo o Município, apontando uma infestação de 11,6%. Foi por conta disso que Secretaria de Saúde decidiu realizar as ações na região.

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.