Relembre Capitão Gay, personagem icônico de Jô Soares

Se trata de um super-herói homossexual que defendia fracos e oprimidos usando um figurino colorido. Ele foi criado em 1981

Foi nos palcos que Jô Soares, que morreu nesta sexta-feira (5/8), deu início a sua extensa carreira. Com personagens icônicos na TV brasileira, um dos prediletos do público era o Capitão Gay, um super-herói homossexual que foi criado em 1981 para o programa Viva o Gordo.

Interpretado pelo humorista, com uma identidade secreta de homem de negócios, o Capitão Gay, na companhia de seu fiel escudeiro, Carlos Suely, interpretado por Eliezer Motta, defendia fracos e oprimidos usando roupas multicoloridas.

Usando uniforme cor de rosa, ele repetia seu bordão: “É o Capitão Gay, gay, gay! Capitão Gay uuuuuuh!”, que virou febre na época.

Nesta sexta-feira (5/8), com a morte de Jô Soares, aos 84 anos, o personagem foi relembrado pelo público. Capitão Gay virou um dos assunto mais comentados das redes sociais.

(Metrópoles)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.