Polícia Civil realiza operação contra a pedofilia no Paraná

Operação Proteção Integral foi desencadeada em oito cidades (Fotos: Divulgação)

Com o objetivo de combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, a Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagrou, na manhã desta terça-feira (19), a Operação “Proteção Integral”. Onze mandados de busca e apreensão foram cumpridos em oito cidades do Estado – Curitiba, Almirante Tamandaré, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel, Palmas, Pato Branco e Cambé.

A ação policial resultou na prisão em flagrante de cinco homens, bem como no indiciamento de outros quatro, todos com idades entre 30 e 53 anos. Com eles, a PCPR apreendeu diversos computadores, notebooks, HDs, pendrives e demais equipamentos de informática e armazenamento.

Os homens presos em flagrante na ação, estavam em posse de materiais ilegais, como fotos e vídeos de crianças e adolescentes em situação de exploração sexual, entre outros. Eles serão autuados pelo crime descrito no Artigo 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente. Que trata-se de “adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente”.

PRISÕES:

Almirante Tamandaré – Um homem, 36 anos, desempregado.
Pato Branco – Um homem, 47 anos, promotor de eventos.
Cascavel – Um homem, 30 anos, técnico em informática.
Londrina – Dois homens, de 30 e 41 anos. Um pensionista e pintor, respectivamente.

(Assessoria)

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.