Playboy do DF que fingia ser advogado para aplicar golpes é condenado

O falsário usava as redes sociais para simular uma vida de sucesso, com carros esportivos de luxo e viagens a lugares paradisíacos

Um falso advogado que usava a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de outro profissional para prestar consultoria jurídica acabou condenado por estelionato. Brunno Thágori Lopes Santana foi sentenciado a 1 ano e 4 meses, em regime aberto, após enganar pelo menos quatro vítimas que fizeram transferências bancárias acreditando terem contratado um serviço de consultoria jurídica.

Thágori ficou conhecido no Distrito Federal por ter sido parceiro do playboy das Bitcoins, Marlon Gonzalez Motta. O estelionatário deixou um rastro de golpes que ultrapassou a casa dos R$ 3 milhões. Fingindo ser megainvestidor, o golpista usava a lábia para convencer operadores financeiros a pagarem fortunas em transações envolvendo moedas virtuais.

Leia a matéria completa no Portal Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.