Merenda: comida de qualidade e criatividade compõem a mesa da criançada nos Cmeis de Cascavel

Produtos diversificados e carinho no preparo dos alimentos são os segredos dos Cmeis para incentivar os alunos a ter uma alimentação saudável

Muitas das crianças que estão matriculadas nos Centros Municipais de Educação infantil de Cascavel ficam cerca de 10 horas diárias nas unidades e realizam as principais refeições do dia ali. Como toda mãe sabe, a primeira infância é também o período mais desafiador quando o assunto é alimentação. É o momento em que a criança precisa ser apresentada aos mais variados alimentos saudáveis, mas é também o período em que eles aprendem que podem dizer não também para a comida que é servida.

É por este motivo que o Setor de Nutrição Escolar trabalha com afinco, em parceria com as merendeiras, no sentido de servir aos alunos um prato diversificado e que seja atrativo aos olhos dos pequenos. A diversidade de itens que chegam até as escolas e Cmeis permite que a merendeiras depositem toda a sua criatividade e carinho no preparo dos alimentos.

Crianças durante recreio em escola de Cascavel (Foto: Divulgação/Secom)

No Cmei Izidio Domingues de Oliveira, por exemplo, o almoço de hoje (1) fez o maior sucesso, e a diretora Elce de Fátima Martins Barros garante que o assessoramento do Setor de Nutrição Escolar é Fundamental. “Todos os dias as crianças recebem uma variedade de alimentos nas cinco refeições diárias. Isto se dá graças à merenda que recebemos, que são alimentos de ótima qualidade,ao cardápio, que segue orientações e acompanhamento das nutricionistas, e às merendeiras, que preparam tudo com muita dedicação, amor a profissão e aos nossos alunos”.

A nutricionista Gabriela Francischini, do Setor de Nutrição Escolar, lembra que é importante também que os pais ofereçam alimentos diversificados às crianças, com pratos coloridos, assim como ocorre nas escolas e Cmeis. “O estímulo visual, de colocar no pratinho, de incentivar, faz com elas acabem consumindo, por isso a alimentação escolar é tão importante. E quanto mais colorido o prato, mais vitaminas e minerais, mias nutrientes a criança consome”, lembrou a nutricionista.

(Secom)

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.