Israel, Bolsonaro e o mundo árabe

“Prosperarão aqueles que te amam” (Salmos 122.6)

Os argumentos usados neste artigo não são políticos ou econômicos, mas basicamente religiosos e pautados na fé cristã e quem adotou os ensinamentos bíblicos como regras de visão de mundo.

Sou um crítico ferrenho do governo Bolsonaro, da mesma forma como era crítico dos governos que o antecederam e levaram o Brasil a bancarrota nas últimas décadas, porém, aqueles que acompanham meus artigos irão lembrar da defesa intransigente que fiz da aproximação do Brasil com Israel no início do atual governo.

As manchetes dos jornais com opiniões de analistas econômicos eram repletas de posicionamentos negativos afirmando que o presidente Jair Bolsonaro, ao se aproximar de Israel, estaria afastando o bilionário mundo árabe das transações comerciais. Houve até posicionamentos de entidades ligadas aos países árabes propondo retaliações comerciais ao Brasil.

Dez meses depois, o que se viu foi algo completamente diferente. Bolsonaro está em uma incursão pelo Oriente Médio e o mundo árabe nunca esteve tão próximo do Brasil como agora. Ontem, em visita oficial aos Emirados Árabes Unidos, Bolsonaro firmou oito atos bilaterais com o país do Oriente Médio em várias áreas como paz e segurança, cooperação econômica, inteligência artificial, meio ambiente e defesa. No mundo dos negócios o que vale é o que um país tem a oferecer e o Brasil tem muito, inclusive a nossa região oeste do Estado do Paraná.

O melancólico governo petista cometeu um erro gritante ao se opor a Israel e pagou caro por isso.

Mas, como eu disse no início deste artigo, a argumentação usada neste texto é mais religiosa e menos política ou econômica.

Israel ainda é o termômetro de Deus para as demais nações. Desde o princípio é a nação que Deus escolheu para se comunicar com as demais nações. Nossa mente humana e cauterizada pela laicidade do Estado – e o Estado precisa ser laico, diga-se de passagem – não consegue entender isso. Porém, a promessa antecede a criação do Estado Judeu. “Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gênesis 12:3). Que o Brasil seja uma nação abençoada por Deus!

Luiz Carlos da Cruz é jornalista, editor do jornal Boas Notícias e do portal Boa Noite e um apaixonado por Israel

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.