Dodge manifesta pesar por tragédia em Suzano

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, manifestou pesar pelas vítimas do ataque à escola estadual Professor Raul Brasil, ocorrido em Suzano (SP) na quarta-feira (13). Ao participar, em Brasília, da abertura de um seminário realizado pelo Ministério da Justiça para discutir a defesa do consumidor, Dodge destacou a necessidade de a sociedade repudiar gestos de violência como os dos dois ex-alunos do colégio que mataram cinco estudantes e duas funcionárias da escola, além do tio de um dos atiradores.

“Não podemos deixar que práticas como esta se sedimentem em solo nacional. É preciso repudiarmos, a cada oportunidade, estas práticas. Para que nossas crianças possam ir para as escolas seguras e confiantes de que não serão afetadas por nenhuma ato de violência dentro das salas de aula”, disse Dodge, ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

“O ministro já teve oportunidade de falar publicamente sobre o assunto, manifestando seu repúdio a esta violência e enviando condolências às famílias. Quero me associar a esta manifestação [do ministro]”, acrescentou a procuradora-geral, classificando o episódio como uma tragédia.

“Um assunto desta natureza deve mobilizar a todos, deve contar com a intolerância de todos nós, para o pronto restabelecimento de um ambiente de diálogo e de fraternidade. Na escola e na sociedade brasileira”, afirmou Dodge antes de mandar um abraço a todos os professores. São “profissionais importantes que também contam com nossa solidariedade”, acrescentou.

(Agência Brasil)

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.