Damasceno troca de advogado, pede adiamento da sessão, mas julgamento deve ser mantido

Presidente do Legislativo, Alécio Espínola, vai anunciar no fim da tarde se aceita ou não o adiamento da sessão (Foto: Marcelino Duarte/CMC)

Na véspera da sessão especial que vai definir o futuro político do vereador Damasceno Junior (PSDC), que poderá ser cassado nesta quinta-feira (28) por quebra de decoro parlamentar, um novo advogado de defesa assumiu o caso.

Armando Souza protocolou, no início da tarde de hoje (27), um pedido de adiamento da sessão para que ele possa tomar conhecimento do processo de investigação feito pela Comissão de Ética do Legislativo que, por unanimidade, sugeriu que o plenário casse o mandato do vereador.

O presidente da Câmara, Alécio Espínola, convocou uma entrevista coletiva para as 16h30 para anunciar se aceita ou não o pedido de adiamento da sessão, marcada para as 9h20 desta quinta-feira.

O BOANOITE! apurou que o presidente está disposto a manter a sessão. Se isso acontecer, a defesa espera que a Justiça adie o julgamento.

Damasceno é acusado de exigir de duas ex-assessoras devolução de parte dos salários. Ele nega as acusações.

Se perder o mandato, Damasceno Jr entra para a história do Legislativo de Cascavel como o primeiro vereador cassado por quebra de decoro parlamentar nos 67 anos de história da cidade.

Da redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.