Contra a Gripe: Primeira semana da segunda etapa da campanha encerra com 22,8% da meta atingida

Das 95.471 pessoas que integram os grupos prioritários, apenas 21.845 já estão imunizadas em Cascavel

Balanço semanal divulgado pelo Programa Municipal de Imunização relativo à 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza divulgado nesta tarde (26) revela que 21.845 pessoas já estão imunizadas em Cascavel contra a gripe. Isso representa que apenas 22,89% da meta total foi atingida pelo Município até o momento. Ao todo, Cascavel precisa vacinar 95.471 pessoas que integram os grupos prioritários.

Em cinco dias de segunda fase da campanha, o número de doses aplicadas para o público prioritário correspondente a essa segunda fase se aproxima do número de doses aplicadas para crianças, gestantes e puérperas, cujo grupo começou a ser vacinado ainda no dia 8 de abril (primeira etapa).

Até o meio-dia desta sexta-feira (26) foram vacinadas 10.782 pessoas do segundo grupo prioritário, sendo 8.321 idosos, 1.824 trabalhadores da saúde e 637 professores (meta de 68.569 pessoas na segunda fase). As demais 12.467 doses correspondem ao grupo da primeira etapa, que continua sendo imunizado, e até agora corresponde a 46% da meta de 26.902 pessoas.

Das 22.793 crianças que precisam ser vacinadas em Cascavel, até o momento apenas 10.587 receberam a dose; 1.594 gestantes (meta de 3.529) e 286 puérperas (mãe com até 45 dias após o parto – meta de 580) estão imunizadas.

Por outro lado, dos 26.269 idosos esperados para esta campanha, 8.321 já procuraram um posto de vacinação. Eles representam 38% do total de vacinas aplicadas até o momento (21.845).

“Isso demonstra que o movimento internacional antivacinas  continua interferindo na decisão dos pais ou responsáveis diante da imunização das crianças. É dever do adulto responsável garantir a vacina, que é direito da criança, que não pode decidir por ela mesma”, lembra a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cristina Carnaval.

Maior procura

Até o momento, as USFs Brasmadeira e Tarumã lideram a procura pela vacina. Foram aplicadas 1.687 doses, sendo dessas, 1.083 crianças e 379 idosos.

Em segundo lugar, a Sala de Vacinas do PMI, que imunizou 1.403 pessoas, sendo 1.234 trabalhadores da saúde.

Em terceiro lugar em número de doses aplicadas está a UBS Los Angeles, com 1.330 doses; dessas, 646 crianças.

Vacinação continua até dia 31

A vacinação continua até o dia 31 de maio para todos os grupos prioritários.

Neste sábado (27) a Sala de Vacinas do Programa Municipal de Imunização ficará aberta ao público-alvo das 8 horas às 17 horas, sem intervalo para o almoço (apenas adultos). Ela está localizada na Rua Presidente Kennedy, 2546, no Bairro Coqueiral (atrás da Floricultura Catarinense).

No próximo sábado (dia 4 de maio), será realizado o Dia D de mobilização em todo o Brasil. Nessa data, todas as unidades de saúde ficarão abertas das 8 horas às 17 horas para a vacinação, sem intervalo para o almoço.

Quem pode receber a vacina

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

– Gestantes e puérperas;

– Pessoas com 60 anos ou mais de idade;

– Trabalhadores da saúde;

– Professores das escolas públicas e privadas;

– Povos indígenas;

– Grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

– Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

– População privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional.

Onde receber a vacina

– Todas as Unidades de Saúde do Município, com exceção da unidade do Colmeia e do Floresta, que estão em obras. As salas de vacina fecham 15 minutos antes do horário de fechamento da Unidade.

Horário de vacinação nas USFs e UBSs

– Área urbana: 7 horas às 18h45

– Área rural: 8 horas às 16h45

– Na Central de Vacinas, localizada na Rua Presidente Kennedy, 2546 (adolescentes com 14 anos completos e adultos).

Horário: das 07h30 às 12h30 e das 13 horas às 18 horas.

(SECOM)

Redação

Jornalista desde 1998 com reportagens publicadas em grandes jornais do Brasil, como a Folha de S. Paulo e Gazeta do Povo. Teve passagens pelos jornais Gazeta do Paraná, O Paraná e Hoje, onde foi editor-chefe, além do portal CGN e Rádio Independência. Fundador dos jornais Boas Notícias e Boa Noite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.