Cerimônia na Câmara rende homenagem à Banda Sinfônica Maestro Morales

Mesmo respeitando o distanciamento social, a Câmara Municipal teve quase todos os lugares disponíveis no Plenário ocupados pelo público que compareceu, na noite de terça-feira (21), à cerimônia de entrega do Voto de Aplauso para a Banda Sinfônica Maestro Morales. Proposta pelo vereador Mazutti (PSC), a homenagem reuniu os músicos da banda e seu regente, vereadores, familiares, amigos e admiradores.

Durante a cerimônia, a banda executou peças de seu repertório sob a regência do maestro Hugo Antônio Morales, fundador e presidente do grupo mantido pela Fundação Assis Gurgacz (FAG). O próprio regente ouviu emocionado as falas de várias pessoas convidadas a se manifestarem, inclusive uma mensagem em vídeo de seu filho Gustavo, e recebeu o Voto de Aplauso em nome do grupo musical.

“Eu também já fui um menino de rua, e foi a música que me transformou. Foi a música que me deu o que comer, foi a música que me deu o que vestir, e foi a farda do Exército que me deu uma família, que me deu filhos, que me deu caráter, que me deu amizades. Eu nunca fui um bom músico, nunca almejei ser um maestro. São coisas que Deus coloca no caminho da gente”, contou o maestro Morales, em um relato comovente feito na tribuna do Plenário.

O autor da homenagem também deu seu depoimento. “Nosso maestro Hugo tem trabalhado para a sociedade. Acreditamos que pessoas como ele têm sempre que ser reconhecidas, para que surjam sempre talentos especiais na cidade de Cascavel. Fico grato de poder, pelo mandato de vereador, prestar essa homenagem a você, maestro Morales, pela sua pessoa, pela sua humildade, pela sua amizade. Agradeço a Deus por ter lhe conhecido”, disse Mazutti, dirigindo-se ao homenageado.

O grupo musical surgiu em fevereiro de 2020, com o nome de Madeiras Maestro Morales, e rapidamente alcançou uma grande dimensão e já no dia 20 de dezembro passou a ser oficialmente constituído como Banda Sinfônica, contando agora com 65 musicistas de diversos instrumentos. A Banda também oferece aulas semanais para alunos a partir de 12 anos sem custo, que queiram aprender a arte da música, a princípio para os instrumentos de saxofone, flauta transversal e clarinete, tudo garantido pela mantenedora FAG.

Foto: Flávio Ulsenheimer/Assessoria de Imprensa/CMC

Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.