Cascavel cria 737 postos de trabalho no primeiro mês do ano

A construção civil criou 150 vagas em janeiro (Foto: Arquivo)

Números divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, mostram que o emprego voltou a crescer em Cascavel. No primeiro mês do ano foram criadas 737 vagas no mercado formal, diferença entre admissões (4.877) e demissões (4.140).

Isso representa uma variação positiva de 0,79% e aparentemente um inicio de recuperação, já que no mês de dezembro o índice foi negativo, com o fechamento de 1.432 vagas.

Segundo os números, o setor de serviços e a indústria da transformação, que inclui os frigoríficos, puxaram as contratações com 360 e 203 novas vagas, respectivamente. Na sequência aparecem a construção civil que contratou 150 pessoas em janeiro e a agropecuária com 56.

Já o comércio destoou dos demais setores e fechou 35 postos de trabalho. O fechamento de vagas no comércio no início do ano é algo normal devido as contratações temporárias de fim de ano. Os dois setores que mais fecharam vagas em dezembro são os mesmos que garantiram o crescimento do emprego com carteira assinada no mês seguinte.

Paraná e Brasil

Proporcionalmente, o crescimento do emprego em Cascavel foi maior do que no Paraná e Brasil. Os números do Caged mostram que o Paraná criou 9.145 vagas, o que representa uma variação de 0,35%.  No Brasil foram criados 34.313 postos formais de trabalho em janeiro, uma variação de apenas 0,09%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.