A defesa suicida de Damasceno

O vereador Damasceno Junior resolveu se defender das acusações de apropriação indevida de parte dos salários de assessores atacando suas ex-assessoras e sugerindo que tinha casos com elas. Ao que pareça, a tática de defesa é meio suicida já que o vereador, além de demonstrar seu lado Dom Juan com as “funcionárias” corre o risco de ser acusado de assédio sexual. E se isso acontecer?

Sem acordo

A primeira reunião entre representantes das empresas do transporte coletivo, da Prefeitura de Cascavel e do Sinttracovel (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Coletivo Urbano de Cascavel) terminou sem acordo e, pelo menos por enquanto, a greve do transporte coletivo está mantida.

Parecer do relator

Até a próxima quinta-feira o vereador Misael Junior, relator da comissão que investiga as denúncias contra Damasceno deverá dar um parecer sobre as alegações finais da defesa do parlamentar. Depois disso, ele deve elaborar um relatório final que poderá pedir ou não a cassação de Damasceno.

Nova reunião

Uma nova reunião foi agendada para as 22 horas de hoje (11) para tentar pôr fim a mobilização grevista. Se o impasse continuar, os cascavelenses devem amanhecer com apenas 30% dos ônibus circulando. O sindicato quer 5% de aumento real aos trabalhadores. A nova reunião foi um pedido do prefeito Leonaldo Paranhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.